7.10.13

13º EDIÇÃO DO MINAS TREND começa amanhã


Falta pouco para o início do 13º Minas Trend, que antecipa os lançamentos das marcas mineiras para a temporada Outono Inverno 2014. Na programação de desfiles, as confecções levarão suas novidades às passarelas em apresentações muito aguardadas. Com a proximidade do evento, detalhes sobre as coleções vão sendo revelados pelas marcas. Confira abaixo um preview de algumas das grifes que desfilam na próxima semana, e veja alguns croquis em nossa galeria:
AMMIS – Em sua estreia no Minas Trend, a Ammis traz uma coleção de formas delicadas que se traduzem em peças conceito, valorizando a silhueta e os detalhes. A cartela de cores passeia por tons clássicos e sóbrios como vinho, uva cinza, azul bic, rose, marinho, caramelo, preto e branco. Com silhueta rente ao corpo, a nova coleção traz vestidos ajustados ou fluidos, saias curtas e midi, casacos com mangas curtas e três quartos, que denotam sensualidade. Os tradicionais bordados da marca aparecem aplicados em couro, de forma manual, e a tendência do patchwork ganha releitura atual e moderna, enquanto o mix de tecidos como tweed, couro, renda e seda sugerem uma coleção vanguardista, para uma mulher cosmopolita e sofisticada.

APARTAMENTO 03 – Memórias afetivas: trajes e comportamento de uma tia-avó vistos pelos olhos de uma criança, e o trabalho da fotógrafa de moda Lillian Bassman durante os anos 40, são os pontos de partida para a coleção Inverno 2014 da marca. A palavra luxo ganha nova dimensão nas mãos do estilista Luiz Cláudio que, na contramão da onda fast fashion, almeja enfatizar o trabalho de criação e estilo, tendo a moda como sinônimo de sonho e exclusividade.  Um perfume do luxo extraído das imagens borradas, quase abstratas, com forte apelo sensual/fetichista permeia a alfaiataria elaborada e os shapes colunas. Inocência e sensualidade são reveladas pela silhueta ao mesmo tempo recatada e sexy, mas sempre elegante.


ÁUREA PRATES – Uma das mais importantes referências dos anos 90, o grunge é revisitado pela estilista sob uma influência esportiva, porém sofisticada. Transgredir o chique com elegância e feminilidade é a essência da coleção. O hand made característico da marca e a organza, matéria-prima tradicional, se unem a malhas pesadas, enquanto os shapes priorizam sweat-shirts com delicados acabamentos tricotados, jaquetas bomber e calças jogging bem estruturadas. Casaquetos e saias em tweeds, camisas e blazers de organza requintados, saias retas com jabôs nas barras, vestidos camisolas sobrepostos, cardigans mais soltos em malha misturada com seda também devem figurar entre os looks.


GIG – A grife de Gina Guerra celebra uma década de existência promovendo um resgate de suas origens. Memórias e referências dos anos 80 – época em que a estilista, então uma adolescente inquieta e cheia de ideias, dava seus primeiros passos na moda – são a inspiração para o Inverno 2014 da marca, em sua busca incessante por novas formas e texturas para o tricô.  O espírito irreverente permeia toda a coleção que traz formas amplas nos vestidos, saias, bomber jackets, maxi blazers, maxi coletes e calças carrot, além dos macacões, que devem figurar entre os destaques. Preto e marinho se contrapõem a tons pastel e a estamparia traz referências étnicas, gráficas e ópticas.
LUCAS MAGALHÃES – Em um momento de mudanças político-sociais, o olhar do estilista mineiro se volta para as manifestações simbólicas e estéticas das tribos indígenas brasileiras, no desenvolvimento do inverno 2014. Neste contexto, a obra de arte (no corpo ou objeto) se insere na história: sua especificidade, autonomia e seu valor estético não a separa das outras manifestações materiais e intelectuais da sociedade atual. A inspiração indígena perpassa a cartela de cores, que aposta nos tons do jenipapo, urucum e do algodão, em uma releitura contemporânea, com destaque para as jaquetas bomber e para os looks masculinos, que são a grande novidade da coleção.
VICTOR DZENK – O contraste entre o antigo e o moderno, o tradicional e o contemporâneo, a alegria e o rigor resultam em uma mistura sinestésica para a nova coleção do estilista, intitulada Le Voyage. Um mergulho impactante pelo fascinante mundo árabe, com sua atmosfera mediterrânea, seus costumes, sua arquitetura e sua religiosidade que marcam uma estética particular e rica norteia o Inverno 2014 da marca. Essa riqueza se traduz nos tecidos e acabamentos, na exuberância das estampas e cartela de cores que vão embasar um easy chic urbano para mulheres e homens globetrotters.


VIVAZ – A coleção Inverno 2014, Códigos da Trajetória, comemora os 15 anos da Vivaz contando uma história feita de linha e seda, escrita com mãos de fada, amor diário e sonhos, traduzidos em modelagens e bordados. Modelagens lânguidas, sóbrias e retas, ganham feminilidade com decotes estratégicos. Os bordados trazem uma leitura gráfica de motivos da alfaiataria, como a risca de giz, o xadrez e os poás. Transparências, cinturas deslocadas e franjas remetem aos anos 20, época de evolução e mudanças. Pulls e bombers criam um ar jovem e despojado.


Like us on Facebook