15.10.17

Valorizamos as criticas e esquecemos de ouvir os elogios.

Essa história poderia ser apenas mais uma sobre como são engraçados e como eu amo o meu trabalho, mas hoje aconteceu uma coisa um pouco fora do normal. Estava no meu trabalho e atendi o telefone como faço todos os dias...


- Dior, boa tarde! Do outro lado da linha alguém disse...
- Dior?
- Sim! Aqui é o Dior...
Trinta segundos de silencio...
- Meu Deus! Que bom falar com você! Você é super bem recomendado.
Nesse momento eu fiquei sem graça e disse: Sou? Não sei, mas se sou fico muito feliz! Como posso ajudar?
- Bom, na verdade eu liguei só pra falar com você o que eu precisava resolvi pelo site.
- Que ótimo! Precisando pode entrar em contato!
Moral da história: Mal sabe ele que foi eu quem resolvi o problema dele pelo site e se ele não sabe disso muito menos sabe que ele simplesmente mudou o minha longa jornada de 16 horas de trabalho no dia 13/10. Sim, eu trabalhei das 07 horas da manhã até as 23 horas e no finalzinho quando já me sentia cansado e pensava se vale a pena cheguei a conclusão.
Sempre vai valer a pena ter a sensação de dever comprido!



Temos esse péssimo habito de não elogiar as pessoas e seus feitos, mas temos a mania de criticar e falar mal de qualquer deslize que foi cometido.

Nós temos um instrumento tão poderoso no nosso corpo e esquecemos disso e o pior, esquecemos que nossa boca pode fazer um estrago enorme da mesma forma que ela pode mudar o dia de alguém pra melhor.
No final damos muita importância para as criticas e esquecemos de ouvir os elogios sendo que são eles que nos motivam a seguir em frente.

Like us on Facebook