Do sertão baiano às fronteiras do Brasil: uma história simples e universal sobre as fantasias do amor, aventuras do destino e as relações humanas

Com temas que abordam liberdade, força feminina e a busca pela felicidade e amor, o espetáculo “Cordel do Amor sem Fim”, da premiada autora Claudia Barral, reestreia nos palcos do Teatro Sérgio Cardoso e fica em cartaz até o dia 31 de outubro.

Por meio de uma narrativa poética e com canções originais, a obra se passa em Carinhanha, no sertão baiano, às margens do rio São Francisco.


Na singela cidade vivem três irmãs – Madalena, Carminha e a jovem e sonhadora Tereza, namorada de José, que nutre um sentimento arrebatador e possessivo por ela.

Mas no dia em que José vai pedi-la em casamento, algo inusitado acontece: Tereza tem um encontro no porto da cidade que sela o destino. A jovem se apaixona por Antônio, um viajante que está de passagem pela cidade.  

A partir desse momento, a trama se desenrola em função da espera de Tereza pelo retorno de Antônio.

Espera essa que contagia a todos da cidade, e faz com que as personagens passem a viver na expectativa de que algo em suas vidas possa mudar.

A peça “Cordel do Amor sem Fim” propõe romper com a distância entre o urbano e o sertão, através do universo lúdico e simples que compõe a narrativa do cotidiano das três irmãs, e que mescla as reviravoltas do destino e a singularidade das relações humanas.

Serviço:

Espetáculo: “Cordel do Amor sem Fim”
Local: Sala Paschoal Carlos Magno do Teatro Sérgio Cardoso
Temporada: 02/10 a 31/10 *Não haverá espetáculo dia 17/10*
Dias e horários: quartas e quintas, às 19h
Valor: A partir de R$ 20,00 meia entrada
Classificação etária: 14 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.