Como escolher um hotel?



Olá pessoal!

Bom, as pessoas me perguntam sempre qual a melhor forma de escolher um hotel, hostel
ou pousada. Eu, particularmente, gosto de ficar em hostel, gosto do clima, do perfil
colaborativo e coletivo. Como eu tenho uma bagagem grande de viagens e hospedagens,
resolvi fazer uma lista com alguns tópicos que vão te ajudar escolher um lugar para se
sentir em casa. E o melhor, pagando pouco.

Borá lá!

1- A primeira coisa que você precisa tem em mente é: Estou viajando porquê?
Se você vai viajar a trabalho e precisa descansar, um ambiente silencioso e calmo é
melhor pra você. Nesse caso, não fique em uma hostel, mas em uma Pousada ou
hotel. Agora, se sua viagem é para curtir e conhecer novos lugares e pessoas,
recomendo que você fique em um hostel. Normalmente, os ambientes são mais
divertidos, os espaços comuns têm como objetivo a interação entre os hospedes.

2- Caso opte por um quarto coletivo porque tem os preços mais baixos, é preciso que
saiba o significado da palavra ‘coletivo’. Tem que entender que o quarto é coletivo, a
cozinha é coletiva, banheiro e tudo mais. Então, não vá chegar de madrugada
acendendo as luzes todas e acordando todo mundo com barulho.




3- Se você tá afim de economizar, faça sua reserva diretamente com o hotel, hostel ou
pousada. Os sites de reserva como: Booking, Expedia, Decolar, Trivago, HostelWorld
cobram uma taxa de aproximadamente 15% do valor da hospedagem. O valor dessa
comissão será pago por você, seja pagando diretamente no site de reservas ou com
o valor de 15% a mais que o hotel vai colocar no site. Ligue para o hotel/pousada/
hostel e fale diretamente com eles.

4- É muito importante que você pergunte tudo o que tiver dúvidas. Depois não adianta
chegar no quarto e fazer cara de espanto.

5- É muito importante que tenha armários individuais nos hostels e pousadas que têm
quarto coletivo. Deixe seus documentos, cartões e coisas de valor dentro dele. Se
não tiver certeza sobre o Locker, PERGUNTE!

6- Leia as avaliações nas redes sociais e sites de reviews. As pessoas costumam ser
muito verdadeiras quando se sentem bem ou quando algo não é legal em um
estabelecimento. Isso pode te ajudar a filtrar os perrengues.

7- SEMPRE guarde o Slip do seu cartão caso tenha pago em cartão e se possível peça
uma notinha, não custa nada para você. Alguns lugares adoram bancar o esperto.

8- Deus ajuda quem se programa! Então, bonita, não vai sair que nem uma louca
pegando sua mala e indo viajar sem reserva. Só fazendo uma pesquisa de preço e
qualidade que você vai conseguir um lugar legal para curtir sua viagem.,

9- Uma coisa que você tem que saber é: Normalmente quartos coletivos são beliches
ou as vezes até trileche, se você não consegue dormir nas camas altas eu
recomendo um quarto individual. Hostel nenhum tem obrigação de reservar cama
embaixo pra você.



10- Foto de bebidas bonitas tem em todos os lugares, mas banheiros limpos não! Não
se iluda com fotos de drinks e cisnes de toalhas. Isso não é um diferencial!

11- Não vá sair por ai fazendo a linha doida! Quando for andar pela cidade leve apenas
a cópia do seu passaporte, imagino que você não queira ficar em outro país sem
documentos e tenha que entrar em contato com a embaixada para conseguir voltar
pra casa.



12- Internet é muito importante, então, verifique se o lugar que você vai ficar tem sinal
Wi-fi. Ninguém merece ficar no meio do mundo desconectado.


13- Seja paciente com as pessoas que trabalham nos hotéis. Pra você tudo é novidade,
mas pra elas é um trabalho. Não seja um hospede mala!

14- É importante saber se tem café da manhã, roupas de cama e principalmente
toalhas! Tem hostel que aluga a toalha em quarto coletivo.

15- Nem todos os estabelecimentos são 24h, quando for fazer aquele rolê noturno,
antes de sair é sempre bom perguntar.



16- Os recepcionistas trocam durante o dia. É sempre bom chegar, cumprimentá-los e
se apresentar.

17- Aproveite sua viajem, respire, sinta a cidade, ande a pé para todos os lugares, peça
ajuda na recepção para fazer um roteiro do que você gostaria de conhecer na
cidade.



18- Recepcionista não é google maps! Nada de ficar perguntando quantos metros ou
quilômetros de um lugar para o outro. O tio Google tá aí pra isso! Até porque, perto e longe pode variar muito de uma pessoa para outra. Mas acima de tudo eles estão aí para te ajudar. 

No mais, pessoal, aproveite sua viagem, corra pela cidade admirando tudo! Se na África, no
Brasil, na Europa! Cada lugar possui sua beleza, seja ela natural ou não. Ande a pé pelo
seu destino, pergunte, visite museus, prédios históricos, explore a cidade! Seguindo essas
dicas aí você vai arrasar!


Escrito por: Diorman Werneck


Revisão de texto: Fabricio Moura

#PubliPost



Imagens: Google (caso você detenha direitos autorais sob alguma imagem entre em contato conosco atraves do e-mail: contato@canseideserpop.com

My Instagram