Com direção, dramaturgia e atuação do premiado Anderson Moreira Sales, espetáculo aborda a crueldade e o ódio existentes no Brasil

Radicado no Rio Grande do Sul, o premiado artista mineiro Anderson Moreira Sales desembarcaem São Paulo para estrear o segundo texto escrito, dirigido e atuado por ele: 57 minutos – o tempo que dura esta peça. 

O monólogo tem uma curta temporada no Espaço Parlapatões, na Praça Roosevelt, entre 4 de junho e 10 de julho, com sessões às terças e quartas-feiras, às 21h, e ingressos vendidos por até R$30.

Leia Também: Hedda Gabler, do norueguês Henrik Ibsen, estreia dia 14 de junho no Espaço Parlapatões

Inspirada pelo livro “Ulisses”, do escritor irlandês James Joyce (1882-1941), a dramaturgia se arquiteta a partir de uma premissa simples: um morador do subúrbio de uma cidade grande sai de casa em busca de cumprir seus compromissos e retornar ao lar.

A aparente banalidade da narrativa problematiza a realidade contemporânea brasileira em sua cruel complexidade ao reconhecer a grandeza escondida nas pequenas coisas para denunciar a pequenez escondida nas coisas grandes.

A aparente banalidade da narrativa problematiza a realidade contemporânea brasileira em sua cruel complexidade ao reconhecer a grandeza escondida nas pequenas coisas para denunciar a pequenez escondida nas coisas grandes.

SERVIÇO

57 MINUTOS – o tempo que dura esta peça
Espaço Parlapatões – Praça Franklin Roosevelt, 158, Consolação (próximo ao metrô República – Linha 3 – Vermelha e Linha 4 – Amarela)
Temporada: 4 de junho a 10 de julho, às terças e quartas-feiras, às 21h.
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada)
Vendas pela internet: ingressoindependente.com.br
Informações: (11) 3258-4449
Classificação: 12 anos
Duração: 70 minutos
Capacidade:  100 lugares

Fotos: Pedro Mendes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.