Vamos Comprar um Poeta está em cartaz até dia 31 de agosto no CCBB São Paulo, com direção de Duda Maia

Inspirado no livro homônimo de Afonso Cruz, o musical infantojuvenil inédito Vamos Comprar um Poeta está em cartaz até dia 31 de agosto no Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo (CCBB São Paulo). A peça tem direção de Duda Maia, adaptação de Clarice Lissovsky, trilha sonora original Ricco Viana e elenco formado por Letícia Medella, Luan Vieira e Sergio Kauffmann.

O musical narra a chegada de um Poeta à casa de uma família comum. Nesse lar, moram um pai que só pensa em ganhar dinheiro; uma mãe que organiza todos os dias os trabalhos domésticos; uma menina esperta e curiosa que gosta de entender o significado das coisas; e um menino que adora fazer contas.


Leia também: 4 espetáculos para assistir antes do fim de maio

O poeta ensina os pequenos a observar borboletas, compor os próprios poemas e aprender a dar abraços. A montagem cria uma divertida reflexão sobre a nossa capacidade de invenção, fazendo um importante paralelo entre cultura e economia. É uma homenagem à cultura, em um espetáculo que mistura poesia, música e dança.

Vamos Comprar um Poeta é a última parte da trilogia de histórias de amor para crianças, composta também pelos premiados musicais A Gaiola e Contos Partidos de Amor.

SERVIÇO
Vamos Comprar um Poeta, a partir do livro de Afonso Cruz
Temporada: 23 de março a 31 de agosto de 2019.
Local: CCBB SP – Rua Álvares Penteado, 112 – Centro.
Acesso ao calçadão pela estação São Bento do Metrô
Dias e horários: Sábados (11h)
Ingressos: R$ 30,00 / R$ 15,00 (meia entrada)
Bilheteria: Todos os dias, das 9h às 21h, exceto às terças.
Vendas online: www.eventim.com.br
Duração: 60min.
Capacidade: 140 lugares.
Classificação indicativa: Livre. Rec. Etária: 6 anos.
Informações: (11) 3113-3651

Fotos: Renato Mangolin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.